Pesquisadores do Estado de Sergipe no Enfrentamento da COVID-19

Conheçam o projeto FASTEN Vita

O projeto FASTEN Vita é uma iniciativa de mais de 40 pesquisadores de 12 universidades brasileiras para oferecer produtos de fabricação rápida a fim de combater os efeitos da pandemia do COVID-19. Os produtos são inspirados em projetos de propriedade intelectual aberta, que são adaptados/aperfeiçoados considerando a realidade brasileira, e ajustados para permitir fabricação rápida e descentralizada.

O projeto tem engajamento social, já que produtos podem ser fabricados com material de fácil acesso e não requerem treinamento complexo de pessoal, podendo ser rapidamente incorporados em linhas de produção de pequenas empresas, o que pode auxiliar a movimentação da economia local.

O projeto tem contribuído com produtos como Protetores faciais (face shields), Máscara de ventilação não invasiva – Spirandi, Cabines de Isolamento, cabines de desinfecção de máscaras N95 por radiação ultravioleta (UV) e o reanimador automatizado Vita Pneuma. Este último é decorrente de uma iniciativa portuguesa, o projeto PNEUMA desenvolvido pelo INESCTEC.

O reanimador automatizado vem sendo desenvolvido também na Universidade Federal de Sergipe por  Pesquisadores do Departamento de Engenharia Elétrica. Recentemente, uma matéria publicada na Rádio UFS mostrou que o equipamento tem baixo custo e rápida montagem para auxiliar a assistência a pacientes com insuficiência respiratória por causa da covid-19. O reanimador automatizado tem como base o protótipo de um ventilador de campanha, modelado pelo Inesc Tec (Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência), situado em Portugal.

 

Produto foi desenvolvido por pesquisadores de forma colaborativa. Foto: Josafá Neto

Produto foi desenvolvido por pesquisadores de forma colaborativa. Foto: Josafá Neto

 

Segundo o pesquisador José Gilmar Nunes de Carvalho Filho da UFS, envolvido no projeto,  informa que o projeto  baseou-se na criação de um sistema simples para ser usado em casos de emergências, onde a partir da automatização dos movimentos do AMBU (Unidade Manual de Respiração Artificial) será fornecido ar ao paciente, não sendo necessário, por exemplo, de uma linha de ar comprimido hospitalar.  O aparelho permite que o operador da máquina ajuste a frequência e o volume de ar que o paciente vai receber.

Por se tratar de um projeto sem fins lucrativos e de colaboração de pesquisadores, o projeto necessita da adesão de interessados que nos ajudem a multiplicar as localidades em que os produtos podem ser fabricados. Você também pode ajudar fazendo doações: em material para fabricação, em dinheiro e até na forma de tempo para ajudar o voluntariado.

Para se juntar acessem aqui:  http://contatofastenvita.inescbrasil.org.br/

O projeto é viável graças à existência da Rede INESC Brasil, gerida pelo Instituto de Ciência e Tecnologia INESC P&D Brasil, organização sem fins lucrativos.

Link da FASTEN Vita: http://fasten-vita.inescbrasil.org.br/

Redes Sociais: 

https://www.facebook.com/INESCBrasil

https://www.linkedin.com/company/inesc-p&d-brasil/

https://twitter.com/INESC_Brasil

https://www.instagram.com/inescpd/

ASCi.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *